quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

LUZ INTERIOR

A dimensão da luz de fine o poeta rabiscando a claridade do momento.

Aprendi à luz duma candeia
Acesa nas noites escuras, feitas de poesia 
Onde o luar só entra  se eu abrir janelas.

Aprendi que a luz sem fronteiras
Ilumina sempre mais...
Que a luz mais penetrante vem do teu  interior 
Sai por janelas tão pequeninas como os teus olhos
E ilumina o teu rosto dando claridade ao teu Ser.
LUZ É?
Utilia Ferrão . 

Sem comentários: