Mensagens

A mostrar mensagens de Junho 28, 2009

Entender-me é cuidar

Imagem
Portas que se podem abrir

Segundo "Hennezel " (1998) a angustia da separação que os doentes e familiares pressentem, contribui de uma maneira negativa na qualidade da partilha e da comunicação entre as pessoas e em especial as famílias.

A maneira como proporcionamos o diálogo tem muita importância.

Sem invadirmos a intimidade do paciente podemos continuar a falar, com frases simples e banais não muito longas . Por exemplo:

Eu compreendo.

O dia hoje está lindo

Os seus familiares estiveram aqui

Tem uma linda neta.

Ou está triste.



Também um olhar, um sorriso, um tocar na mão, no ombro ou um outro gesto adequado e de circunstância pode ser muito util, palavra certa no momento certo, silêncio no momento certo.

Tudo isto pode servir para comunicar melhor.



A pessoa comunica com todo o seu ser e não só com palavras

Eu vi muitas vezes os silêncios falar ...
È importante fazer sempre o elo de ligação doente, família e equipa de saúde, a família é o núcleo e se ela estiver mal, não consegue apoi…