Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro 18, 2009

UMA HISTÒRIA

Pois não há amor a Deus sem amor ao próximo I João 3:20,21. Aqueles gritos estridentes deixaram-me trémula pensei: de onde vem tanta dor? Aqueles soluços eram um pranto, chegado na hora da despedida, uma entrega a um destino ao qual ninguém pode escapar... ....Mãe, só te tenho a ti és a minha única familia, tu não vais deixar-me, é através de ti que eu ainda vivo. Já não disfarço mais, já não culpo ninguém, as pessoas aproximam-se de mim, mas eu quero estar só,mas tenho medo. Enquanto olho o teu corpo indefeso nesse leito, eu pergunto-me ,mas porquê? Meu Deus, eu rezei aos santos todos, aonde estão eles agora? Mãe ainda és tão jovem... De um momento para o outro os teus olhos fecham-se, o teu sorriso apaga-se e é o fim. É-me insuportável esta ideia, mas olho para ti e sinto-te cada vez mais longe de mim mas tão perto. Mas o que mais me preocupa é a solidão, nunca pensei tanto nela, nunca a vi tão perto nem mesmo quando me deixaste pai. Só, sentada neste banco da entrada do hospital... foi tud…