domingo, 19 de junho de 2011

CONTIGO DEUS TRINO



Nada me deixa tão leve, límpida e cristalina
Como um momento a sós comigo em face de mim e  Contigo.
Gosto de me interrogar, de sentir o que sou e como? Quem sou, por quem e para que sou?
É numa longa viagem através do meu ser, que me deixa tantas vezes desatenta aos grandes factos da minha vida e me centraliza em coisas simples e pequenas, que são tão grandes para mim.
E agora que Te sinto tão perto, neste momento aqui, debruço-me sobre aquele fio de água prateada que sai Daquela Nascente, tento imaginar as gotas que contem...Não sei.

Não consegues compreender o que sinto? Apenas sei pegá-las na minha mão. Não sei separá-las: Se as divido não as separo. Mas eu sei que são gotas...
E desta Nascente sai aquela água que bebo e me sacia gratuitamente.

Sento-me um pouco mais longe e a água aumenta de volume e na minha mente aflui pensamentos e pensares, realizam-se ideias concretizam-se factos.
É essa fonte que corre para um riacho mais abaixo, e aí  movem-se folhas soltas que escrevi para ninguém.

E no impossível construí um sonho   cravado de pérolas vermelhas, que mais parecem rubis.
E por mais insólito que Te pareçam estas verdades,  rabisco novamente o que sinto antes que tudo se apague e o olhar se dissipe no outro amanhecer,  apenas Te posso afirmar: tudo permanece vivo e transparente como estes fios prateados isso é verdade.
A água jamais se atropela, corre veloz:

 Ela não oprime mas  procura caminho e ao fazer seus sulcos transforma o seu leito em rio
ela não desrespeita...
Ela caminha para o mar de tantas e tantas gotas..
E num instante desse ciclo de vida;  “contraste” eu penso: Deus não oprime ele liberta.

Mas a vida  cruzada na estrada dos sonhos devolve o retorno ao principio e ao fim, mas eu , vou  escrever para Ti exprimindo-me assim:
Mil causas me acompanham no impossível. Impossível não. Sei que tudo pode mudar. Não vou deixar o benefício da dúvida vou continuar a caminhar.
Sim porque na surdez do amanhecer meus ouvidos nada ouvem e meus lábios não sabem os sons... mas meus passos firmam-se atrás  das tuas pegadas muito mais desperta pelo vai e vem das folhas
 Sussurro-Te amigo o mais vivo segredo .
Jesus Cristo é : “O caminho a verdade e a vida.”Jo 14,6
Eu amo viver a Vida, partilhar a Vida e ir mais longe para lá de mim mesma, em altura em largura e profundidade.
Foi apenas um momento a pensar contigo... para que a vida cristã possa crescer, desenvolver-se e comunicar-se
Utilia Ferrão