sábado, 19 de fevereiro de 2011

CMINHADA da QUARESMA-PÁSCUA 2011


Caminhar, cair e levantar-se é a vida dos que persistem e continuam no caminho de Deus.

Caminhemos juntos? Somos diferentes, mas temos muitas coisas em comum seguimos o Caminho de Cristo.

Na Caminhada da Quaresma-Páscua 2011 na minha diocese propõe-se, o trilho
“Firma teus passos. Afirma a Tua fé”.

Talvez, noutras dioceses haja outros trilhos... Ou até vós tereis outras ideias.
Também penso que há gente muito  capaz e que queiram organizar esta caminhada, ou talvez já esteja organizada já ? ideias?....São bem-vindas.

“O desafio é fazermos com Cristo este caminho humano, feito de passos humanos, e que leva á salvação e á ressurreição, dito doutro modo, a vida divina.
Ousemos firmar os nossos passos e afirmar a nossa fé”.

Quem quiser participar “ponha o dedo no ar”. E o nome e endereço do blog participante.
Estou certa que seremos muitos e sobretudo que a Força da oração de todos se elevará diante do Deus de Jesus Cristo.

Hoje o Espírito Santo na minha oração da manhã inspirou-me este texto
Gostei de meditar cada palavra.
Talvez também goste.
Não se esqueça, esta é uma caminhada Cristã.
Unidos no Amor de Cristo

A OVELHA DESGARRADA
“ Guardai-vos de desprezar algum desses pequeninos, pois eu vos digo, nos céus os seus anjos se mantêm sem cessar na presença do meu Pai que está nos céus.
Que vos parece? Se um homem possui cem ovelhas se sucede que uma delas se desgarre não deixará ele as outras noventa e nove na montanha para ir á procura da que se desgarrou? E se consegue encontrá-la, na verdade eu vos digo, ele sente mais alegria por esta do que pelas noventa e nove que não se desgarraram.
Assim vosso Pai que está nos céus não quer que nenhuns desses pequeninos se percam.”
Mateus 18:10-14

Espero novidades... Que Deus nos abençoe
Utilia






terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

PRESENÇA .PRESENTE

"Julgo que não podemos grande coisa face ao sofrimento das pessoas que vão morrer e à sua morte, mas podemos pelo menos oferecer a nossa presença e a nossa atenção"
Marie de Hennezel