terça-feira, 5 de julho de 2011

RECONSTRUIR A FÉ


A FÉ  NÃO PODE SER ESTÉRIL

“Meus irmãos de que serve alguém dizer que tem Fé, se não tem obras? Pode a fé salvar neste caso? Se um irmão ou irmã não tem com que se vestir e o que comer todos os dias e um de vós lhes disser: “Ide em paz, aquecei-vos, bom apetite! “ Sem porém, lhe dar o necessário para subsistir, de que adiantaria? Do mesmo modo se a Fé que não tivesse obras estaria morta no seu isolamento. Mas diria alguém: Tu tens Fé; eu também tenho obras. Prova-me a tua Fé sem obras, que eu tirarei das minhas obras a prova da minha Fé.” Tiago 2: 14-19

Desatei meus laços vivos e as minhas mãos começaram a navegar pelas teclas da vida e por aqui e por acolá levantei as cortinas das aparências e qual não foi o grande espanto aquela menina do olho... olhou para dentro de mim e de ti como se fosse pela primeira vez e fez apenas uma pergunta. Aonde se encontra a minha Fé a  tua Fé?

Saciar o espírito e o corpo é uma tarefa de todos os dias.
Fiquei a saber que: Um espírito desnutrido é como uma terra lavrada sem semente apenas fica o que nasce espontaneamente e nem sempre é coisa útil.

Tal como um corpo desnutrido se vai enfraquecendo também o espírito vai morrendo sem alimento .
Nada germina, nada cresce, nada produz... sem comer acontece exactamente a mesma coisa.
O meu primeiro objectivo de vida, é sem dúvida alimentar-me com a Força Daquele que nunca vacila nem enfraquece.

Agarro-me com Fé ao que me traz paz, saúde mental e alegria e paralelamente, claro que tenho que dar de comer ao meu corpo mas...Nem só de pão vive o homem.
Na composição da minha nutrição não posso esquecer o principal nutriente, isto na  minha pequena e talvez pouco lúcida maneira de cogitar, a Fé é esse  essencial, esta é  um caminho difícil, árduo e controverso, muito exigente... sim, porque a minha fé tal como a sinto não depende só do dizer: “tenho fé” isso todos sabemos dizer...E eu também sei.

Mas produzir actos de Fé, e praticá-los nas exigências das obras que realizo (amos) é tarefa muito exigente, mas para mim   é isso mesmo “o ter fé” aquela de que Tiago nos fala, a verdadeira fé, aquela que produz...eficaz. o nosso povo diz que a Fé move montanhas... Vamos a isso ?
Obras mesmo simples mas eficazes respondendo ás necessidades dos que batem á nossa porta. Terei eu mesma esta fé?

Tenho-a mas ela não é cega nem imatura, é “a Fé” tento tanto quanto possível utilizá-la com  Deus em mim produzindo para mim e para os  outros á luz do Espírito Santo na minha igreja Católica.
A Fé nunca pode nem deve ser estéril.
Cílio escreveu que “A paz é a melhor prenda que ao homem deu a natureza.”
Eu diria que neste momento para haver paz terá que haver Fé
Utilia Ferrão

6 comentários:

Dulce disse...

Numa fase em que estou posta à prova precisamente nas obras e, uma delas me está a fazer questionar muito sobre se devo ou não continuar...
E neste preciso momento que me tocou a campainha da porta e mais uma vez estendi a mão e instintivamente acolhi sem saber se faço bem ou mal...
eis que venho aqui e através de ti tenho a confirmação que sim, é isso que Deus quer que eu faça, ainda que todas as portas se fechem vou manter a minha aberta...
Obrigada meu Deus por esta resposta e confirmação.

Obrigada amiga
Abraço em Cristo

Ailime disse...

Amiga Utília,
Um excelente texto para reflectir e meditar.
Se cremos verdadeiramente que Deus é nosso Pai e que Jesus nos veio transmitir os Seus ensinamentos a Fé será palavra vã se não pusermos em prática os mandamentos de Deus.
Então no nosso dia a dia vamos, no concreto das nossas vidas, ter uma postura de verdadeiros cristãos uma vez que à medida que nos formos deixando imbuir no Espírito de Deus será com naturalidade que agiremos perante as mais variadas situações.
Aderir a Jesus, aos projectos que Deus traçou para cada um de nós não é fácil, mas vamos tentando, porque se eu tenho Fé acredito que sou capaz de agir conforme Jesus espera de mim.
Grata por esta partilha.
Continuação de uma excelente semana.
Beijinhos,
Ailime

Felipa disse...

Não concebo a fé sem obras e isto já vem da minha juventude, por isso vou fazendo umas obrazinhas de vez em quando, conforme Deus me inspira e me dá a oportunidade para as fazer.

Gostei muito do seu texto, muito inspirado e sincero.

Tenha uma boa semana
Bj

joaquim disse...

Amiga Utilia

Gostei muito, mas mesmo muito deste teu texto.

Obrigado!

Um abraço amigo em Cristo

teresa disse...

sem duvida este é o meu lema de vida , [de que vale a fé sem obras??].
esta sempre foi a minha maneira de pensar , e só por isso logo á noite lá vou eu ajudar em mais uma ´´obra`` ..
gostei de te ler ..

beijinho..

Anónimo disse...

Amiga Utilia,gostei bastante deste seu texto sobre a fé.Eu digo tantas e tantas vezes que tenho fé e tenho,sim senhora! Nunca deixei de acreditar em Deus e no seu poder maravilhoso.

E quando á dias me senti-a triste,porque não vinha uma resposta ás minhas orações,ressenti-me não revolta contra Deus,mas queria apressar tudo e ter uma resposta ao meu pedido,mas felizmente alguém me ajudou e me serenou. Continuo a ter Fé.E a acreditar!

Beijinhos para si.Zézinha C.