domingo, 5 de junho de 2011

JÁ PENSEI

A PENSAR? ESTOU
E oiço aquela frase vinda nem sei de onde...
“Tudo o que és não é tanto que te deslumbre, nem tão pouco que te deprima. Tu és tu .Acredita e Caminha:”

Na Imensidão das asas dum sonho, fiz um voto.
Esvaziei as leiras da minha vida.
Plantei as raízes duma paixão,
Nasceram feixes de paz que colhi com gratidão.


E lá estava o desvairo da vida a sonhar...
“Que o sonho é tanto mais valioso para a vida
Quanto mais a vida ultrapassa o sonho.”
E tudo isso começou num sopro inesperado.

E com sorrisos de palavras encantadoras mudei a minha versão
Vi a vida dar voltas e as voltas nada dão...

Até aceito dar passos certinhos sabendo que:
“Na vida os passos mais difíceis de dar são os primeiros e os últimos”.
Mas os que estão pelo meio?
Esses não se podem perder nem no princípio nem no fim.
Esses também fazem parte de mim.

 Sem endereço mas dirigido a ti  
Poeta imérito num deserto acastanhado em que o pó ilude os olhos
E a sombra dá espaço á penumbra.
Escuro é o pez mesmo. Assim é o hoje

Que fazer? “Se o Mundo se divide em duas partes entre aqueles que nos esclarecem e aqueles que nos iludem.”

Saber escolher é vital. E eu quero ser poeta só hoje.

Avistar o sol é o privilégio de todos mas agarrá-lo e colocá-lo nas mãos só o poeta é capaz dessa destreza.

Em montes e vales vamos colher pétalas desfolhadas
Espalhemos tapetes de pensamentos...
Reconstituímos sopros quase extintos que entregamos ao firmamento
Utilia Ferrão

6 comentários:

Anónimo disse...

Amiga Utilia,

"Espalhemos tapetes de pensamentos...

MUITO LINDO... A poesia, é a linguasgem da alma, assim venho pensando. Nada como um poema, uma reflexão para nos levar ao cerne, ao centro de tudo!

bom domingo,

beijos

Gisele

Alfa & Ômega disse...

Ufaaa!!!! foi de tirar o fôlego, tanta beleza que escapulia de cada verso, um mais sábio que outro! Detenho-me a meditar nesse: " Tudo o que és não é tanto que te deslumbre, nem tão pouco que te deprima. Tu és tu. Acredita e caminha." Uauu!!! Simbora a caminhar, Utilia? bjbjbj!!!

Dulce disse...

Utilia
não és poeta apenas hoje, isso te garanto.
É sempre tão bom seguir o teu raciocinio e meditar nele e ultrapassar-me no entendimento através do que desfias.
beijinho

Ailime disse...

Olá amiga Utília,
É tão rico e profundo o que escreveu que quase me faltam as palavras para comentar.
Então vou pegar nas suas últimas frases e...agarremos as estrelas, os raios do sol, o luar e de mãos dadas vamos dançar nesse tapete de pétalas convidando todos os amigos a fazer festa, sempre.
Muito obrigada pela beleza das suas palavras.
Excelente semana, plena de sol.
Beijinhos,
Ailime

Pena disse...

Estimada e Preciosa Amiga de Ouro:
"...Avistar o sol é o privilégio de todos mas agarrá-lo e colocá-lo nas mãos só o poeta é capaz dessa destreza.

Em montes e vales vamos colher pétalas desfolhadas
Espalhemos tapetes de pensamentos...
Reconstituímos sopros quase extintos que entregamos ao firmamento..."

Que "coisa" mais linda e doce concebeu.
Tem talento e genialidade que lhe desponta do seu interior deslumbrante.
Parabéns.
Já sumariei as lições suas de hoje. Foram váarias.
Parabéns. É extraordinária.
Bem-Haja, pela sua visita no meu blogue e a honra da sua amizade.
Abraço amigo de respeito pelo seu ser sublime.
Sempre a admirá-la imenso.

pena

Excelente!
É notável, amiga.
Bem-Haja, pela perfeição do Post e de tudo o que faz com uma ternura que vai rareando.

Evanir disse...

Querida ..
Seu blog tem uma postagem que faz bem a Alma de quem lê
jamais sai vazio da forma que entrou aqui.
Um beijo no coração,Evanir.