domingo, 20 de março de 2011

12º DIA DA CAMINHADA QUARESMA-PÁSCUA 2011


Firma Teus Passos. Afirma Tua Fé

Amigos Caminhantes hoje Cabe-me a mim caminhar convosco juntando mais um pouquinho os meus pés aos vossos, procurando intimamente liga-los á espiritualidade de Jesus.
Antes de mais nada, que a Paz de Jesus Cristo esteja com todos aqueles que partilham esta Caminhada, seja comentando, seja observando silenciosamente ou seja colocando cada dia um texto diferente, e também outros que estejam connosco sejam quais forem os motivos . Para todos Paz e Bem

“Este é o meu filho bem – amado, aquele que me aprouve escolher. Ouvi-o:”.

Temos vindo a seguir os textos bíblicos diários e hoje como tal fui confrontada com a transfiguração de Jesus, não foi nada fácil para mim compreender isto nem tão pouco explicar estas coisas, no entanto conto com os vossos comentários para aprender mais e melhor

Jesus Transfigurado
Seis dias depois, Jesus toma consigo Pedro, Tiago e João, seu irmão e os conduz á parte sobre uma alta montanha. Ele foi transfigurado diante deles: seu rosto resplandeceu como o sol, suas vestes tornaram-se brancas como a luz. E eis que lhes aparecem Moisés e Elias que conversavam com ele. Pedro intervindo disse a Jesus: Senhor é bom estarmos aqui: se queres, levantarei aqui três tendas, uma para ti, uma para Moisés, uma para Elias.
Ainda falava, quando uma nuvem luminosa os encobriu. E eis que, da nuvem, uma voz dizia: “Este é o meu filho bem – amado, aquele que me aprouve escolher. Ouvi-o:”. Ao ouvirem isto, os discípulos caíram de rosto em terra, tomados por grande temor. Jesus aproximou-se, tocou neles e disse: “ Levantai-vos! Não tenhais medo!”..
Erguendo os olhos nada mais viram senão Jesus, só. Quando desciam do monte, Jesus lhes deu a seguinte ordem:”Não digais nada a ninguém a respeito desta visão, até que o Filho do Homem tenha ressuscitado dentre os mortos.
Mateus 17:1-9

Tivemos conhecimento da parte humana de Jesus: Jesus com fome, cansado, tentado, com dores e angustias, como todo o ser humano fisicamente falando, mas São Mateus relata-nos aqui Jesus numa outra dimensão aquela que escapa completamente á maior parte da humanidade ou antes é apenas dada a conhecer aos humildes aos pequeninos aqueles que têm fé “como um grão de mostarda”esses podem atingir essa compreensão.
Uma amostra da Ressurreição.
Espiritualmente, Ele compartilhava a natureza de Deus. Na transfiguração, conseguimos compreender esta partilha.

E Na conversa de Jesus com Filipe ilustra estes pontos:
"Se vós me conhecêsseis, conheceríeis também meu Pai. Desde agora o conheceis e o vistes. Replicou-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, e isso nos bastos. Disse-lhe Jesus: Eu estou convosco há tanto tempo, e não me reconheceis? Quem vê a mim vê o Pai; como dizes tu: Mostra-nos o Pai? Não crês que eu estou no Pai e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo, eu não as digo por mim mesmo; mas o Pai, que permanece em mim, faz as suas obras" (João 14:7-10).
.
Jesus fala-nos aqui duma visão: ” Não digais nada a ninguém desta visão, até que o filho do homem tenha ressuscitado dentre os mortos.”
Fazendo algumas pesquisas tentei esclarecer-me sobre o assunto “visão”e e encontrei na Internet alguns textos que me deram algumas luzes.
Cujos extractos vou colocar aqui:
As religiões são, frequentemente, baseadas em ensinamentos, filosofias, visões, etc. A religião de Cristo é baseada na História na Bíblia e na Fé. Pedro, um dos três que testemunharam a transfiguração, indicaram-na como evidência de que o evangelho não era uma fábula ou lenda: “
E o testemunho de Pedro comprova isso mesmo
"Porque não vos demos a conhecer o poder e a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo seguindo fábulas engenhosamente inventadas, mas nós mesmos fomos testemunhas oculares da sua majestade, pois ele recebeu, da parte de Deus Pai, honra e glória, quando pela Glória Excelsa lhe foi enviada a seguinte voz: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo. Ora, esta voz, vinda do céu, nós a ouvimos quando estávamos com ele no monte santo" (2 Pedro 1:16-18).
. São Mateus fala-nos ainda do conforto desta cena, aonde eles se sentiam tão bem que Pedro propõe a construção de três tendas.
Pedro intervindo disse a Jesus: Senhor é bom estarmos aqui: se queres, levantarei aqui três tendas, uma para ti, uma para Moisés, uma para Elias.”Mat 17:4”

Aparentemente Pedro estava mais em adquirir algo de material isto é transformar aquilo que estava a ver e a sentir em algo que pudesse durar, e talvez pensasse que aqueles momentos com aquelas pessoas pudessem durar para sempre.

Esta atitude de Pedro não pode deixar de me levar ao fundo de mim mesma e perscrutar o meu interior, e é bem constrangida que dou conta até que ponto o conforto e o materialismo e o conformismo pesam na minha existência.
Abdico ás vezes de momentos tão pequeninos e tão sóbrios, tão íntimos com Deus..., em prol destes deuses materiais.

Diante de Ti Senhor meus passos colocam...
Teus passos junto aos meus Caminhando.
Sou
Uma folha de papel rabiscada
De tantos encontros e desencontros.
De tantas alegrias e tristezas
De tantas vidas na minha vida.
De tanto Amor.
Tudo isto não foi uma visão
Obrigado meu Deus pelos passos que fui cedendo
Pelos trambolhões que fui dando
Pela Paz que fui encontrando.
Ámen.
Utilia

Este texto tem como fontes de informação a bíblia e algumas pesquisas na Internet.

Amanhã estaremos com:
Segunda-feira
21/3/2010
SANDRA

14 comentários:

Ailime disse...

Amiga Utília,
Uma reflexão e meditação sublimes.
São baseadas em passagens bíblicas lindíssimas no diálogo que se ia estabelecendo entre Jesus e os Seus discípulos à medida que se aproximava a hora em que os ia deixar.
Por outro lado entendia com alguma tristeza que ainda não tinham percebido que Ele e o Pai eram apenas Um: "Eu estou convosco há tanto tempo, e não me reconheceis? Quem vê a mim vê o Pai; como dizes tu: Mostra-nos o Pai? Não crês que eu estou no Pai e que o Pai está em mim?"
Estas palavras demonstram bem o quanto nós por vezes ainda não entendemos todo este mistério ou teremos dificuldade em reconhecer que para Seguir Jesus, que é Deus encarnado, temos que nos desinstalar e não ficarmos comodamente "na tenda" apenas em contemplação como foi pedido pelos discípulos a Jesus.
Há que no nosso dia-a-dia testemunhá-Lo, dando-O a conhecer pela Palavra, mas também em acções concretas nas nossas vidas e dos que nos rodeiam.
Gostei muito da sua reflexão e meditação, Utília.
É uma pessoa especial que nos transmite muita Fé no seu testemunho baseado na essência da Palavra do Senhor.
Muito obrigada e caminhemos firmes.
Que Ele a todos acompanhe.
Um beijinho com a minha amizade.
Ailime

Marili Alves disse...

Linda reflexão, "Ouvi-o!" Essa é a ordem que devemos seguir, para que possamos ressuscitar e subir aos Céus transfigurados, mais limpos do que já estivemos algum dia nessa terra.
Paz e Bem
Grande abraço fraterno

Rosa disse...

Este texto levou-me "mentalmente" ao monte da transfiguração, tive já a graça de por lá andar e sentir mais de perto o que vamos lendo da Palavra de Deus.

Por vezes é bom estar num "monte alto" distanciarmos-nos das coisas, dos problemas, do que nos inquieta...
Como Pedro o nosso desejo é fazer aí a "nossa" tenda.
Mas a verdade é que o mundo nos espera.
O mundo precisa que arregacemos mangas e nos ponhamos ao trabalho.
Jesus conta connosco.
Desçamos a "montanha" dispostos a fazer caminho e a "firmar os nossos passos e a afirmar a nossa fé"
Bom Domingo.

Felipa disse...

"Este é o Meu Filho muito amado, escutai-O".

Estas palavras deveriam estar sempre na nossa mente, Jesus é o Filho muito amado de Deus, escutemo-lo. Jesus veio ao mundo para cumprir uma missão, por isso Ele era o Messias, o escolhido de Deus, o Salvador.
Hoje saí da missa com estas palavras: "também eu digo, Senhor, que bom estarmos aqui!"

Obrigada pela partilha e pela pesquisa feita, muito esclarecedora.
Beijinho e bom domingo

aguarela disse...

Muito boa reflexão Utília!
A Transfiguração é a revelação antecipada de Cristo glorioso,como a sua Ressurreição,no fim da Quaresma,O há-de manifestar.Em Cristo transfigurado se antevê já,a vida e a imortalidade a que somos chamados,reconhecemos a glória do Filho de Deus que se há-de revelar em nós próprios e tomamos coragem para subirmos ao longo da Quaresma,até à transfiguração pascal,que Deus dará a quem escutar e seguir o seu Filho.
Bom trabalho,sim senhor!!!

Paz e bem amiga Utília !

Nova Civilização disse...

Amiga Utilia,

bela partilha. Hoje na missa no momento da homilia, fiquei muito emocionada,as lágrimas correram, quando o padre nos falou sobre a transfiguração e agora aqui, ao ler a sua reflexão, igualmente... pois percebo o nada que sou e o tudo que Deus quer operar em nós. Mesmo que o caminho seja sofrido, de dor, mas nada é comparável ao amor de Deus. Somente a força de Cristo nos faz seguir.

Assim Seja!

obrigada pela linda partilha,

Gisele

Lucinha Cullen's Garden and Cia disse...

Utilia,

Nesse momento da caminhada, vamos ao encontro a transfiguração de Jesus.
Concordo com você quando escreveu que foi difícil entender, realmente não é.
O que nos move ao entendimento é a nossa fé, nossa busca diária para chegarmos até à Páscoa do Senhor tão esperada.
Que ao refletir sobre o sofrimento humano de Jesus possamos buscar nela forças pra enfrentarmos as tentações da vida.
Linda partilha.
Abraço fraterno

Giovana disse...

Salve Maria!

Querida Utilia ontem não pude estar aqui, pois viajei atrás da Santa Missa e confesso que ate´ agora a homilia do padre soa em minha mente, foi espetacular; estou pensando ate´em colocá-la no Blog, na medida que eu me recorde dela.

Enfim, esperei o seu dia da caminhada para agradecê-la todo cuidado que teve e tem com esta caminhada; pois sei que todos tem seus afazerese suas obrigações, então visto todo zelo que vc dispensou a todos que caminham juntos, eu te agradeço muito!


Conte sempre com minhas orações, minhas e com as de minha família; pois sempre rezamos juntos e pedirei que meu filhotinho reze por vc .... a oração de uma criança por ser tão pura é atendida com maior rapidez por Deus!


beijos em seu coração tão amado pelo Pai Todo Poderoso.

Pe. JAC disse...

Olá Utília
depois de uns dias a fazer Cursilho de Cristandade, volto para continuar a caminhada.
obrigado pela bela partilha:
ah: o tema da caminhada é "Firma os teus passos. Afirma a tua fé"

Alfa & Ômega disse...

Utilia, perdoe-me o atraso, mas jamais deixaria de vir aqui, no seu dia de caminhada que aliás foi no dia de um maravilhoso evangelho, após tão doce e amorosa acolhida de sua parte. Penso que a cena da transfiguração nos pede que nós também temos que transcender na fé, para que ela amadureça e seja uma fé comprometida na evangelização das pessoas.Pedro achou uma delícia estar ao lado de Cristo naquele momento, como os nossos quando estamos ou na Igreja, ou a sós orando e temos a mesma essa atitude de Pedro de tão sublime momento, mas Cristo nos pede que o amemos de uma forma dinâmica: na entrega. Perdoe-me mais uma vez. Postagem excelente! Fique com Deus! Bjbjbjbj!!!

joaquim disse...

Amiga Utilia

Obrigado por esta belíssima reflexão.

Deus vai-se revelando.
Desde o inicio, desde Profetas, desde a Sua Encarnação, Deus vai-se revelando aos homens preparando a Revelação final e plena na Sua Ressurreição.

Retenho «Levantai-vos e não tenhais medo.»

Um abraço amigo em Cristo

Fa menor disse...

Profunda a tua reflexão! Gostei muito. Obrigada.

Bjos

teresa disse...

uma bonita reflexão , que deve ser bem meditada ..

beijo ..

Dulce disse...

Amiga Utilia
atrasada mas aqui estou meditando nesta bela reflexão sobre a transfiguração de Jesus. E desde já te agradeço pela profundidade com que o fizeste.
Ajudaste-me a firmar mais os meus passos no meu entendimento.


Prossigamos firmes!
Abraço em Cristo