quinta-feira, 4 de novembro de 2010




SIM ACREDITAMOS: Missão do Mês de Novembro

Contribuindo com o pouquinho que sei, mas com o muito que o Espírito Santo me dá vou continuando nesta maratona que é o TERÇO PELAS ALMAS, elas são muitas, e ainda são muito mais acrescidas, quando nos lembramos de todas aquelas perdidas neste nosso mundo e pelas quais temos a possibilidade de partilhar caridade, amor e talvez até alguns bens materiais e ajudá-las a seguir em paz o caminho da vida terrena.

Aceita-se inscrições para a oração: “a messe é grande e os operários são poucos” Até agora temos connosco:

1- Teresa
2-Gisele
3-Filipa
4-Canela
5-Fa
6-Mer
7-Ailime
8-Utília
9-Dulce
10-Maria Luiza
11- Folhas de silêncio
12- A Capela
Read more: http://degraudesilencio.blogspot.com
Vamos então orar, e orar com Fé e tendo sempre presente a Esperança neste mundo e no outro, sabendo que: “Se dois de entre vós se unirem, na terra, para pedirem qualquer coisa, obtê-la-ão de Meu Pai que está nos céus। Pois onde estiverem reunidos, em meu nome dois ou três, Eu estou no meio deles Mat18:19-20 ”


Veio-me agora á ideia, uma paciente em Cuidados Paliativos, agnóstica, acreditava num princípio num fim e no Amor e na Caridade.
Quando estava para morrer era difícil para ela desprender-se de tudo para partir para esse fim, pois para ela o Amor acabava ali e a Caridade também para lá disto segundo ela nada mais existia.
Nos últimos instantes ela chamava pelos pais, curioso não acham? uma pessoa que não acredita em nada chama pelos pais na hora de morrer, eles já tinham morrido, e ainda o mais curioso é que ela dizia-me que eles estavam ali com ela aos pés da cama, eu disse-lhe: eu não vejo nada nem ninguém mas se está a vê-los diga-lhe que a ajudem a ir com eles, passados alguns segundos ela tinha partido em paz agora podemos imaginar o que se entender eu fiquei-me na Esperança da Ressurreição, ela que recordo com saudade. paz á sua alma.
Utilia

4 comentários:

Felipa disse...

Considero a morte como um adormecer, em que se acorda do outro lado da vida. Nesse lado onde já estão tantos amigos e familiares à nossa espera, e tantas almas que ajudámos a chegar ao Céu e que tanto pediram por nós a Deus, para que também fossemos para a Sua Glória...

Essa pessoa adormeceu em paz, provavelmente sendo alguém que acreditava no Amor e na Caridade, sentimentos que levam a Deus, Ele não a deixaria só no momento de partir para a eternidade...

Obrigada pela partilha, eu acredito no sobrenatural embora não o entenda muito bem.

Beijinhos

Nova Civilização disse...

Todas vocês são muito queridas. Como é bom caminhar com vocês. Que o Espírito Santo nos ilumine,

beijinhos

Gisele

Regina F.Murbach disse...

"Amar é nunca esperar nada em troca do outro, amar, incondicionalmente é amor de Deus"Obrigada pela visita, por gostar do meu testemunho. Paz e Bem bjs.

teresa disse...

gostei muito desta tua partilha ...

de-lhes senhor o eterno descanso ...

beijo ...