terça-feira, 24 de novembro de 2009

E LÁ VOU EU....

"Cada vez que sorris a alguém, realizas um acto de amor"
Madre Teresa De Calcuta


Gosto muito do escritor Augusto Cury

E hoje como é um dia cheio de surpresas, depois de ter ido fazer uma vizitinha á nossa amiga Gisela decidi , escrever um poema,bem ...penso que é um poema...


E como dizia: de surpresa em surpresa, abri um dos seus livros e li o seguinte:

"quando no complexo teatro da mente humana há sonhos, os surdos podem ouvir melodias, os cegos podem ver cores, os desiludidos podem encontrar força, para continuar. Os sonhos têm o poder de nos levar a patamares impensáveis"( Do livro Nunca Desista Dos Seus Sonhos Augusto Cury).


E lá vou eu...
Por esta porta entreaberta vou sair vou...
O fruto escapou da certeza do tempo no infinito
O mundo elevou-se no paraíso do Ser.
Pensamentos e factos esperaram o momento certo.
Só porque o sentimento encheu esse viver.

E transbordou para um Novo Amanhecer...
Viagem preparada, envolvida á já realizada
Ao som duma canção.
E lá vou eu...

Paços que deixam de marcar a trazem
Seguindo no tempo certo.
E porque a gente chora...
Lá vou eu...
Forte sentimento amadurecendo aos poucos a minha partida.

E agora eu sinto...É entre o "Tu e eu"...
E lá vou eu ...
Paços largos naquela canção
Cantando e escrevendo com a tinta de lágrimas
Ao som daquela guitarra.
Utilia


Dedicado aqueles que partem cada dia para outros mundos outra vida outros rumos
.A vida tem sentido.

15 comentários:

Dulce disse...

Minha amiga a vida tem sentido enquanto existirem pessoas que de tão cheias de amor para dar,o transformam em acções, fazendo com que o fardo de quem sofre se torne mais leve.
A vida tem sentido cada vez que venho aqui e leio as tuas partilhas.
Obrigado Utilia e bjinhos do coração.

Nova Civilização disse...

Querida amiga Utilia,

estamos em sintonia. também gosto muito do Augusto Cury acabei de ler um dos seus livros "Treinando a emoção para ser feliz".
Sabe, desde pequena sempre quis saber mais sobre as coisas do céu. Questionar a vida e a morte, me lembro que no catecismo tive grandes momentos de constante busca e uma das minhas maiores realizações foi no encontro de adolescente com Cristo. Lá pude perceber e entender o intenso amor de Cristo por nós. A partir daí tenho feito muito encontros com Deus, muito mais pelo amor do que pela dor e venho aprendendo a cada dia. Ora por passos lentos, ora ligeirinho... mas sempre aprendendo. Buscando a essência da minha alma. Sinto me sempre tocada por Ele, pelo seu amor, até mesmo na escolha da minha profissão, pois eu queria mesmo era ser veterinária, cuidar de animais mas de repente tudo mudou e me vi formada em enfermagem. Abracei essa carreira e a recebi como presente de Deus! Hoje percebo o quanto somos transformadas na mão de Cristo,principalmente, quando nos deixamos levar e nos abandonar em seus braços!
Essa sua emoção, esse seu sentimento, esse seu poema... como me faz entender a tantos questionamentos que procuramos compreender nesse mundo muitas vezes sem respostas!
O importante é sempre ir em frente e acreditar, buscar a realidade tranformada e de alguma forma trazer o amor e a paz!

Beijinhos,

Gisele.

Mari disse...

Utília,
Amei tudo que senti aqui.
Adorei a sua poesia...e la vou eu!
Lá vamos sim.
Percorrer a vida sem temor.
Viver o hoje com gratidão, cantar, rir.
Obrigada pelo carinho! beijinhos. mari.

Juliana Migliorati disse...

Seja sempre bem vinda a visitar e participar do meu diário quando quiser. Eu tbm fui voluntária, em um hospital publico!
Muito bonito seu espaço, parabéns.
Beijinhos e felicidades...

Artur Giovanni disse...

Que inspiração heim? rsss

Abração pra ti.

teresa disse...

gostei muito amiga utilia , muito bonito mesmo ...
que vás tu então sempre para onde deus te quiser mandar ...

beijinhos .

DE MÂOS DADAS disse...

Dulce
A vida tem mesmo sentido
E continua, estamos de acordo,
Beijinhos amiga e
"Bonne route"

DE MÂOS DADAS disse...

Gisele
Amiga, as postagens que tem feito são muito complementares ao que eu coloco como temas.
Eu também sou enfermeira, sempre estive muito perto do paciente, sempre no internamento,nas diversas especialidades, trabalhei num hospital protestante, num católico, em cuidados paliativos e em várias clinicas particulares. no estrangeiro
e em hospital publico.
Muito tempo... muitas técnicas, muita comunicação, muito ver, muito ouvir, muito escutar, não quiz colocar verdadeiramente temas de enfermagem especifica neste meu blog mas tentar passar o quanto é importante a dignidade humana o cuidar com humanismo e que além dos medicamentos há "outros " coisas que cuidam o corpo e a alma....
Beijinhos

DE MÂOS DADAS disse...

Mari, é sempre tão bom vê-la por aqui...
Lá vamos...
Obrigada
Beijinhos

DE MÂOS DADAS disse...

Olá Juliana
Que bom vê-la por aqui
Obrigada espero.a de vez em quando
Obrigada

DE MÂOS DADAS disse...

Artur
Ei!... Que bom vê-lo entre nós novamente.
Obrigada e um grande abraço para si e para a sua familia.
Utilia

DE MÂOS DADAS disse...

Teresinha
Sabes que este mês de Novembro é o mês do terço pelas almas do purgatório?
Não esqueças e o de Dezembro?
O que nos vais trazer?
Beijinhos amiga

Dulce disse...

Olá amiga. Tem um selinho para si no meu blog. É só ir buscá-lo. Bjinhos

Tetê disse...

Desculpe ir entando assim... mas vi seu comentário no blog de uma amiga e fiquei curiosa de conhecer seu espaço virtual. Valeu a pena vir até aqui! Uma benção seu blog! Posso adicioná-la nos meus favoritos? Bjks Tetê
http://ma-nan-cial.blogspot.com

DE MÂOS DADAS disse...

Tetê
Sinta-se em casa, esteja á vontade
Servir-lhe-ia um chá... mas como está com pouco tempo... fica para a próxima.
Bem volte sempre...
E obrigada
Utilia